17/02/2021

POR QUE É NECESSÁRIO TER AGILIDADE NA REPOSIÇÃO DE PEÇAS NA INDÚSTRIA?


Compartilhe:

Motivos para agilizar a reposição de peças 

Você já tem uma visão clara sobre o motivo principal de garantir uma boa reposição: manter o fluxo produtivo. Agora, vamos conhecer outras razões igualmente importantes, de maneira mais específica.

Aumentar a produtividade

A produtividade não é importante apenas para garantir a produção de determinada quantidade de itens de produtos em um dado período, mas também é fundamental em termos do valor produzido.

Afinal, a reposição ágil melhora o fluxo produtivo e a agilidade também é um critério de valor, ou seja, quanto mais rápido um produto for produzido e entregue — desde que mantida a qualidade — mais valorizado ele será.

Por que isso é importante? Produzir uma grande quantidade de produtos de baixo custo agregado não representa o mesmo resultado que um número inferior com valor alto.

Eliminar paradas desnecessárias

Ainda pensando em produtividade, mas também na eliminação de prejuízos, poucos problemas são mais inconvenientes do que a produção parada. Desse aspecto, a reposição de qualidade e a eficiência têm influência direta na lucratividade da indústria. É preciso garantir que as células ou linhas de produção só parem quando programado.

Aumentar a qualidade

A qualidade também pode ser comprometida pela falta de controle e pela imprevisibilidade de sistemas falhos de reposição de peças. Além disso, a agilidade e a eficiência no processo garantem que você siga critérios de qualidade mais rígidos. Afinal, é provável que, com o objetivo de reparar problemas causados por falhas de reposição, esses critérios sejam flexibilizados. De modo geral, o controle fica prejudicado.

Melhorar o controle

Um dos fatores mais importantes para o monitoramento de qualquer processo é a previsibilidade. Se você não sabe o que acontecerá durante uma tarde de produção, é muito difícil garantir o absoluto domínio. É possível até improvisar e reagir diante de imprevistos, mas as chances de algo sair errado aumentam, dificultando o controle.

Garantir economia 

Qualquer compra de última hora tende a gerar maiores custos. Comumente, aquisições de peças e insumos feitas diretamente da indústria produtora levam mais tempo para serem entregues do que por uma distribuidora local, por exemplo.

Normalmente, esse fornecedor tem como diferencial, justamente, a disponibilidade em estoque e a entrega mais rápida. Por isso e por alguns outros fatores, especialmente o da possibilidade de programação de pedidos, a eficácia na reposição promove economia.

A economia também é percebida na diminuição de perdas que, além das ocasionadas por falhas e interrupções de produção, também tem efeito nas relacionadas às desistências de compra, por exemplo.

Melhorar o fluxo de caixa

Com um bom fluxo de produção, o seu caixa também responde com maior previsibilidade e liquidez, pois quando atrasam o processo, os problemas de reposição também protelam os procedimentos financeiros. Mesmo quando são acionados pela data do pedido, a entrega fora do prazo pode incentivar a negociação e a solicitação de vencimentos compatíveis.

Aumentar a satisfação e a fidelização de clientes

O seu cliente espera receber os pedidos no prazo e sem problemas, afinal, a eficiência dele também depende da sua. Quando a reposição é feita com agilidade, os efeitos são sentidos em toda a cadeia produtiva.

Por isso, uma reposição eficaz é um ponto de grande influência na satisfação e na fidelização. A importância proferida pelo cliente a esse critério é diretamente proporcional ao peso que os prazos têm no resultado dele — costuma ser alto na maioria dos casos.

Garantir o suprimento de peças de stand-by 

Antes de tudo, vale lembrar que peças de stand-by são conjuntos de componentes, como um motor. Por isso, devem ser peça-chave para um bom fluxo de produção, pois problemas gerados por sua falta resultam em períodos de parada maiores — ao menos dentro de condições normais.

Ainda que seja aconselhável manter a duplicidade de algumas dessas peças para garantir a reposição imediata, um processo mais ágil diminuirá essa necessidade, assim como seus custos.

A importância do fornecedor de automação

Entre os vários insumos e peças que não podem faltar em hipótese alguma, podemos incluir com destaque os itens de automação. Atualmente, eles são determinantes para atingir um bom nível de produtividade e, quando faltam, ocasionam graves consequências.

É por isso que você deve ter atenção especial em relação às qualidades e às competências do seu fornecedor de automação, como a agilidade na entrega, a capacidade de solução de problemas e todos os outros fatores importantes para um parceiro da cadeia produtiva.

Isso vale para toda a sua rede de fornecedores, mas a automação também ajuda na agilidade e eficiência de reposição. Desse aspecto, considere com especial atenção os recursos de monitoramento da tecnologia de automação.

Ao saber e monitorar o comportamento de componentes de peças de stand-by da sua indústria, torna-se mais fácil programar a reposição e prever falhas. Quando o monitoramento automatizado permite identificar algum indício de problema, como um aquecimento excessivo, fica mais fácil de fazer a reposição no momento certo.

Esse é um tema sobre o qual falamos com desenvoltura. Afinal, a Therba Equipamentos Elétricos é uma empresa que atua no setor. Somos especialistas comprometidos em ajudar a aumentar a eficiência na reposição, além de outros ganhos importantes para a indústria, proporcionados pela automação.

Com base na nossa experiência, queremos concluir este conteúdo lembrando que, mesmo com toda dedicação à formação de processos eficazes, as ações de reposição de peças dependem de pessoas — que respondem melhor quando valorizadas, qualificadas e envolvidas. Do contrário, elas podem dificultar a melhora dos procedimentos envolvidos.

Por fim, convidamos você a conhecer mais sobre a empresa e as soluções que oferecemos. Certamente podemos ajudar com a reposição — e outros fatores.