12/07/2021

O QUE É A IOT E COMO FUNCIONA?


Compartilhe:

IoT (Internet of Things ou Internet das Coisas) é um conceito que define a conexão entre objetos físicos com o usuário e a internet através do uso de sensores inteligentes, como Bluetooth e GPS, além de softwares, para coletar e transmitir dados para a rede, permitindo controlar diversos aparelhos por dispositivos móveis, como smartphone ou tablet.

Este termo foi criado em 1999 pelo pesquisador Kevin Ashton que juntamente com sua equipe descobriu como conectar o mundo real (objetos rotineiros) ao digital através da identificação por radiofrequência (RFID). Ele percebeu que a falta de tempo das pessoas traz novas oportunidades para a criação de “coisas” que não precisem ser feitas por elas.

Muitas pessoas, apesar de não saberem exatamente o que é IoT, utilizam as vantagens da internet das coisas na sua rotina. Como, por exemplo, programar o robô aspirador para faxinar a casa das 09:00 horas às 13:00 horas. Ou acompanhar a intensidade de exercícios no AppleWatch. 

Outro exemplo de IoT é o acesso a informações em tempo real sobre as melhores rotas, congestionamentos, entre outros, através de aplicativos de trânsito ou as Smart TVs, que permitem o acesso a aplicações, lojas e sites dentro do próprio aparelho.

Conhecida pela sigla IIoT (Industrial Internet on Things), muitas indústrias estão aproveitando esta oportunidade e usando a IoT a seu favor, como é o caso da agropecuária que através de sensores que detectam a umidade do ar e a temperatura das plantações ativam sistemas de irrigação. Nas fábricas, sensores embutidos em equipamentos medem a produtividade, rastreiam recursos e comunicam problemas.

O principal objetivo e funcionalidade da internet das coisas é, portanto, conectar objetos rotineiros à internet, dando a eles uma funcionalidade mais ampla, com mais inteligência e maior capacidade de integração à outras fontes de informação.
 

Como Funciona a IoT?

 

Trata-se do processo de tornarmos coisas e objetos comuns em smart, podendo enviar informações, coletar, se conectar com outros dispositivos, como smart Tvs, tablets, sensores, etc.

A interatividade da IoT pode ocorrer de diversas formas como:

  • Via radiofrequência (RFID);
  • Internet
  • WiFi;
  • Ethernet;
  • Bluetooth;
  • E outros tipos de conexão.

Essa troca de informações pode ser feita entre:

  • Pessoas e objetos;
  • Objetos e objetos.

E podem variar em complexidade e atuação, por exemplo, o objeto pode receber informações e:

  • Armazená-las;
  • Efetuar uma ação ou
  • Enviar uma resposta.

Em resumo, existem três fatores indispensáveis que possibilitam o funcionamento dessa tecnologia. São eles:

  • Rede: é o meio de comunicação, como redes Wi-Fi, 4G, 5G, Bluetooth, entre outras; Ainda que as redes inferiores ao 4G possam ser utilizadas pela Internet das Coisas, elas não são otimizadas para tal finalidade. Já a 5G, que representa a nova geração, oferece alta velocidade na transmissão de dados e baixo consumo de energia, características valiosas para o bom funcionamento da IoT. 
  • Dispositivo: são os objetos ou wearables (“dispositivo vestível”, ou seja, objetos comuns de uso pessoal, que apresentam tecnologia agregada, como relógios, tênis, roupas ou óculos) que serão conectados. É preciso que eles estejam equipados com itens que possibilitem a conexão com a rede, como chips, antenas, sensores e outros;
  • Sistema de controle: usado para captura e tratamento de todos os dados, sendo também o responsável por novas conexões, a partir destes dados.

 

Quais Setores Podem se Beneficiar da IoT?

 

  • Manufatura;
  • Automotivo;
  • Transporte e Logística;
  • Varejo;
  • Saúde;
  • Setor Público;
  • Agropecuária;
  • Segurança geral em todos os setores.


No futuro tudo estará conectado e a IoT será acessível para muitas pessoas, fazendo parte de nossas vidas e mudando a nossa interação com o mundo, onde estaremos cada vez mais conectados e por dentro de tudo o que acontece em todas as partes.

Em breve as pessoas poderão se comunicar através de um óculos de realidade virtual, por exemplo, inclusive “visitando” a pessoa com quem está conversando, como se estivessem frente a frente. Tudo virtualmente.
No Brasil, 70% da população já está conectada e a estimativa é que a internet das coisas possibilite um crescimento da produtividade, acrescentando ao PIB nacional o valor de R$ 122 bilhões até 2025, além de gerar de 1,9 a 2,6 milhões de novos postos de trabalho.

Então, se você ainda não adotou uma cultura de inovação ou aplicou a transformação digital em sua empresa, é hora de começar.

A Therba Equipamentos Elétricos Ltda atua no mercado de distribuição de materiais elétricos há mais de 50 anos e pode te ajudar com suporte e produtos para você automatizar a sua indústria e sair na frente da sua concorrência.

Entre em contato com nossa equipe comercial hoje mesmo e aproveite ao máximo o uso desta tecnologia!