17/05/2021

O QUE É PCP E COMO ELE PODE CONTRIBUIR NA EFICIÊNCIA DA INDÚSTRIA?


Compartilhe:

Afinal, o que é PCP?


PCP é a sigla para Planejamento e Controle de Produção, um sistema de gestão operacional que é baseada em 3 pilares:
 

  • planejamento: define quantos, quando e quais produtos serão fabricados;
  • programação: aponta quais recursos serão utilizados ao longo de todo o processo produtivo;
  • controle: monitora e analisa os resultados para corrigir possíveis falhas.


Assim, seu objetivo é elaborar um planejamento para padronizar os fluxos de trabalho e, desse modo, obter maior eficiência e resultados melhores.
 

Quais benefícios ele oferece à indústria?


As empresas que utilizam o sistema PCP têm um grande diferencial, pois ele possibilita que tudo seja feito com os materiais certos, no tempo e na quantidade apropriados. Dessa forma, é possível reduzir os desperdícios e impulsionar a produtividade. A seguir, conheça outras vantagens que o método oferece.


INTEGRAÇÃO
O PCP integra todos os setores da indústria, sistematizando os dados de todos os processos para alcançar resultados melhores. Por exemplo, o setor de vendas deve saber a quantidade de itens em estoque, que precisa dos dados da linha de produção a assim sucessivamente.


IDENTIFICAÇÃO DE FALHAS
Com o monitoramento constante, é possível identificar gargalos na linha de produção e adotar soluções para eliminá-los. Com isso, há redução dos custos e aumento da produtividade.


MELHOR TOMADA DE DECISÕES
O acesso a informações precisas permite que o gestor tenha plenas condições de tomar as melhores decisões para otimizar o andamento dos processos. Do mesmo modo, é possível prever situações e se antecipar para evitar prejuízos.


REDUÇÃO DE DESPERDÍCIO
O desperdício de matéria-prima e o mau gerenciamento do tempo são grandes fatores que causam perdas na indústria. Aplicar o PCP significa controlar melhor a distribuição dos recursos e aproveitar ao máximo o potencial dos materiais, equipamentos e mão de obra.


Como implementar o PCP?


O método PCP envolve uma série de atividades que pode variar conforme o ramo da indústria, seu porte e demais particularidades. No entanto, as seguintes etapas são fundamentais para qualquer Planejamento e Controle de Produção:

 

  • previsão de demanda, isto é, estimar quanto será vendido e calcular a demanda de produção e utilização de recursos;
  • planejamento da capacidade de produção, que é a decisão de aumentar ou diminuir a produção para atender a demanda;
  • planejamento agregado de produção, que complementará o plano de produção. Para isso, deverá conter estratégias como a contratação ou demissão de funcionários, horas extras, parcerias etc;
  • planejamento mestre de produção, com as estratégias a curto prazo e o direcionamento dos recursos para a produção;
  • programação detalhada da produção, com informações sobre a administração dos materiais, sequência da produção e emissão da documentação necessária;
  • controle da produção, que é o acompanhamento dos processos para a identificação de possíveis falhas.


Agora que você já sabe o que é PCP, não deixe de implementá-lo para otimizar a produção, reduzir os custos e gerar ainda mais lucros para a empresa. Siga as etapas com atenção e faça um acompanhamento meticuloso. Essa é a chave para que o negócio conquiste lugar de destaque no mercado.
Quer mais conteúdo para o sucesso da sua empresa? Então, curta nossa página no Facebook e fique por dentro de tudo o que acontece no setor!