04/03/2020

5S: O QUE É E COMO IMPLEMENTAR NO AMBIENTE DE TRABALHO?


Compartilhe:

Afinal, o que é o 5S?

O programa 5S foi desenvolvido no Japão logo após a II Guerra Mundial com o objetivo de auxiliar na reconstrução do país. A ideia era que voltar ao mercado mundial por meio da reestruturação das indústrias. A metodologia promoveu resultados tão positivos que o país é atualmente uma das principais economias do mundo.

O 5S vai além de uma ferramenta de gestão: trata-se de uma filosofia cuja aplicação no ambiente de trabalho aumenta a segurança dos processos, garantindo mais qualidade e produtividade. Uma das principais características do 5S é que pode ser adaptado a diferentes realidades. Desse modo, qualquer empresa pode aplicá-lo para melhorar seus resultados.

As 5 letras “S” correspondem aos princípios nos quais o método é baseado. A seguir, conheça melhor cada um deles e o que fazer para colocá-los em prática.

Seiri

A palavra japonesa “seiri” representa o senso de utilização dos recursos industriais. A finalidade dessa primeira etapa é tornar o ambiente de trabalho mais útil, otimizado e menos poluído, tanto espacial quanto visualmente.

Para isso, é preciso classificar os materiais e equipamentos conforme sua frequência de uso e eliminar os insumos desnecessários, pois eles prejudicam o trabalho na linha de produção e atrapalham a área de circulação dos colaboradores.

É importante avaliar não somente os utensílios, mas, também, se há funcionários que não estão sendo bem aproveitados em determinado setor. Nesse caso, o ideal é que sejam realocados para outros departamentos.

Seiton

A segunda etapa do 5S é o “seiton”, que se refere à organização do lugar. Após definir o que é realmente necessário permanecer no ambiente, deve-se organizá-lo de forma racional e de acordo com a frequência de utilização. Adote padrões para o armazenamento dos insumos e para a disposição do maquinário.

Essa atitude melhora o desempenho da equipe, pois facilita o acesso aos insumos e ao maquinário. Afinal, quanto menos tempo for gasto procurando coisas básicas, mais os colaboradores poderão focar no que é importante.

Seiso

O terceiro “S” diz respeito à limpeza. No entanto, ela não se refere apenas a manter o ambiente devidamente limpo, como também à manutenção das máquinas e equipamentos. Nesse sentido, deve-se levar em consideração qualquer elemento que atrapalhe o ambiente de trabalho, que cause algum incômodo como ruído, mau cheiro, falha na iluminação, poluição, entre outros.

Equipamentos desregulados são a principal causa desses transtornos. O propósito dessa etapa é proporcionar aos funcionários um ambiente em boas condições para trabalhar e reduzir as manutenções corretivas, visto que o ambiente estará sempre em constante inspeção.

Seiketsu

Essa palavra japonesa significa padronização e está ligada ao estabelecimento de regras para a realização dos processos. Isso não significa engessar a maneira como as tarefas são executadas. A verdade é que ao fazê-las repetidamente é mais fácil identificar gargalos na produção e otimizar o trabalho.

A padronização também deve ser feita no layout por meio da sistematização de cores, formas, iluminação, placas, localização, ergonomia, ventilação. Com isso, a empresa terá uma melhoria significativa nas condições de trabalho e no equilíbrio físico e mental dos trabalhadores.

Shitsuke

Nessa última etapa do 5S a autodisciplina é colocada em prática. Esse elemento é o que vai garantir que as outras quatro fases serão mantidas, que serão um padrão na empresa e que farão parte da sua cultura organizacional.

Para isso, é fundamental que haja comprometimento individual e coletivo para que todos os comportamentos listados se tornem hábitos consistentes. A melhor maneira de fazer isso é definir responsáveis para analisar se tudo está sendo cumprido.

Mas como implementar essa metodologia na empresa?

Cada “S” já representa o que deve ser feito. Ou seja, conceito de cada palavra já se apresenta como um roteiro que a empresa deve seguir para atingir resultados melhores. No entanto, por se tratar também de uma ferramenta de gestão, é fundamental seguir alguns passos para garantir a aplicação adequada da metodologia. São eles:

Criar uma comissão

Indique alguns funcionários para formar uma comissão da metodologia 5S. Ofereça a capacitação adequada e explique a importância desse novo sistema para o crescimento do negócio.

Avaliar os pontos críticos

O primeiro dever da comissão é levantar os principais problemas da empresa, sempre com base nos princípios do 5S. Essa análise crítica é fundamental para priorizar os pontos que precisam de mais atenção e, ainda, para traçar estratégias para solucioná-los.

Implantar os princípios

Essa é a fase na qual os princípios do 5S devem ser colocados em prática na ordem em que foram listados no tópico anterior. Então, todos os funcionários da indústria devem participar dessa etapa para que o programa se transforme em uma nova filosofia, em uma nova forma de exercer as atividades.

Adotar avaliações

Após executar todos as etapas do programa, é imprescindível realizar avaliações periódicas para verificar se todas estão sendo cumpridos de forma correta. Também é uma forma de readequar alguns passos, se for o caso.

Quais os benefícios do 5S?

A implementação do programa 5S faz permite ter maior controle sobre os processos, tornando-os mais organizados e sistematizados. A seguir, conheça as principais vantagens que a empresa terá ao adotar a metodologia:

  • melhoria da qualidade dos produtos e serviços;
  • prevenção de acidentes;
  • aumento da produtividade;
  • otimização do tempo;
  • crescimento dos resultados financeiros;
  • melhor previsibilidade dos processos.

Os resultados conquistados com a adoção da metodologia 5S são impressionantes. O programa não requer grandes investimentos e é composto por práticas bastante simples, mas é preciso persistência para que ele faça parte da cultura organizacional. E por não ser estático, é preciso um monitoramento constante para acompanhar o crescimento da empresa.

Achou a metodologia interessante? Então, compartilhe este post em suas redes sociais para que mais pessoas saibam como colocá-la em prática!