01/02/2021

5 TENDÊNCIAS NA INDÚSTRIA PARA 2021


Compartilhe:

1. Inteligência Artificial

Essa é uma das tecnologias que mais tem crescido nos últimos anos, pois permite que máquinas tenham as mesmas habilidades que os humanos. Por meio de softwares, conseguem coletar dados, analisá-los, interpretá-los e, assim, aprender a operar sozinhos.

Desse modo, a Inteligência Artificial (IA) potencializa o tempo dos ciclos de produção, reduz seus custos, diminui os erros e evita desperdícios. Ao lado dessa solução está outra: a Internet das Coisas Industrial (IIoT), uma área específica para o setor industrial, que conecta diversos elementos da infraestrutura para a troca de dados e comandos.

2. Robotização

A aplicação da robótica em fábricas aumenta constantemente em virtude dos seus benefícios na linha de produção. Em geral, esse tipo de mão de obra é empregado em tarefas repetitivas que exigem precisão. Com a automação da cadeia produtiva, consegue-se um padrão de qualidade que eleva muito o valor do produto e conquista cada vez mais espaço no mercado.

Além disso, o fato de substituir colaboradores em atividades perigosas ou insalubres é outro motivo que fez da robótica uma das maiores tendências na indústria.

3. Big Data

Grande parte das inovações para a indústria depende da coleta, armazenamento e análise de dados que são essenciais para a condução do empreendimento. Logo, investir em Big Data é imprescindível para uma fábrica inteligente, pois ele conta com softwares avançados para que nenhum dado seja perdido, possibilitando que o gestor tenha acesso a informações valiosas para as tomadas de decisões.

Contar com a ferramenta de Big Data Analytics significa cruzar informações, fazer correlações, traçar padrões e, dessa forma, ter perspectivas e previsões sobre o futuro. Esses insigths permitem que o gestor identifique oportunidades e que tome decisões antecipadas para evitar erros.

4. Impressão 3D

Não há como negar que a impressão 3D é um dos maiores atrativos que a tecnologia trouxe. Isso ocorre porque ela permite criar um modelo físico a partir de um desenho digital. No setor industrial, possibilita a confecção de peças totalmente personalizadas, para atender tanto à demanda do próprio parque fabril quanto às dos clientes.

Além disso, acelera o processo de desenvolvimento de produtos, auxiliando na prototipagem e fabricação de moldes em pouco tempo e com baixo custo.

5. Realidade virtual e aumentada

Com esse tipo de ferramenta é possível simular cenários imersivos ou adicionar elementos como imagens, gráficos e informações aos ambientes. No setor industrial, ela geralmente é utilizada para treinamentos das equipes de colaboradores, para que o gestor acompanhe em tempo real a produção, bem como para otimizar a manutenção dos equipamentos, pois o técnico consegue orientar à distância outro operador para que ele mesmo realize o reparo.

Agora que você conheceu as principais tendências na indústria, certamente escolherá as ferramentas que melhor atendam às necessidades e particularidades da sua empresa. Como consequência, os resultados financeiros serão maiores e o empreendimento conquistará ainda mais competitividade.

Quer se manter atualizado sobre tudo o que ocorre no setor industrial? Então, não deixe de seguir nosso perfil nas redes sociais para acompanhar as melhores publicações! Estamos no Facebook ,no LinkedIn e no Youtube.